REPRESENTAÇÃO DE OBJETOS BIDIMENSIONAIS E TRIDIMENSIONAIS

Quando falamos em representação de figuras estamos nos referindo a uma imagem, desenho ou pintura que represente um objeto, uma cena ou uma pessoa. Quando olhamos um retrato estamos vendo a representação de uma pessoa. Quando queremos receber a visita de um amigo que não sabe onde moramos, desenhamos um mapa, na maioria das vezes visto de cima, representando a vizinhança do nosso endereço. Quando desenhamos uma paisagem representamos árvores, riachos, flores e animais geralmente vistos de frente. O mesmo acontece com qualquer objeto que nos rodeia. Podemos representá-los com desenhos vistos de cima, de lado, de frente ou de baixo.

Observe a imagem ao lado, ela representa a vista de frente de algumas frutas.

Já essas duas imagens ao lado representam as vistas de um cubo. A primeira imagem, que é um quadrado pode ser a vista de lado, de frente ou de cima. Faça o teste.

A segunda imagem é a representação do cubo em perspectiva, visto não exatamente de frente nem de lado. As linhas pontilhadas representam o que não enxergamos olhando deste ângulo, ou seja, o outro lado do objeto.

Trabalhar a representação de objetos é importante para desenvolver a visualização dos mesmos, isto é, precisamos saber representar objetos para poder visualizá-los. Faça a experiência: pegue qualquer objeto e represente-o numa folha de papel. Depois de feito o desenho, peça para outra pessoa dizer o que ela enxerga no desenho.

Na imagem ao lado apresento um jogo bem interessante que desenvolve a habilidade de visualização. Clique na imagem para abrir o jogo.

Cubo único: clique na imagem ao lado para identificar qual é a planificação do cubo solicitado.

Trabalhar a visualização de objetos na sala de aula não é muito complicado. Pode-se levar para a sala objetos simples, como por exemplo, caixas de creme dental ou fósforo e pintar cada lado das caixas com uma cor diferente. A atividade consiste em entregar uma caixa para cada aluno, ou grupo de alunos, e propor que representem o que enxergam quando olham para a caixa, que fica sobre a mesa, de ângulos diferentes. Inicia-se com as vistas de cima, de frente e de lado e depois propõem-se que olhem de um ângulo que permita enxergar mais que uma face da caixa.

Na imagem ao lado apresento uma atividade que trata de vistas. Essa atividade também pode ser desenvolvida na sala de aula com material concreto. Utiliza-se as caixas confeccionadas para a atividade sugerida acima.

Clique na imagem para ver a atividade.

Também pode-se desenvolver atividades de associação, isto é, associar a cada sólido a sua vista de cima, conforme proponho na atividade ao lado. Clique na imagem para ver!

Um material concreto bem interessante para trabalhar rpresentação de objetos é o Material Dourado. Propõem-se ao alunos que façam construções com esse material e depois pede-se para representar essas construções no papel.

Além de fazer as associações com as vistas, também podemos propor associações com a representação em perspectiva de algum objeto.

Na imagem ao lado, apresento um jogo que tem como objetivo associar a foto de uma construção histórica com sua representação em perspectiva e com sua vista superior.

Esse objeto pode ser levado para a sala de aula depois de desenvolvidas algumas atividades de representação e visualização de objetos.

No link da imagem ao lado, há uma versão do jogo acima um pouco mais difícil. A diferença é que nessa versão as imagens estão todas misturadas, não estão separadas as fotos das vistas superiores e das vistas em perspectiva.

No link abaixo tem um texto bem interessante que fala de visualizações, perspectivas isométricas, representação das vistas e também propõem diversas atividades para serem desenvolvidas.

Clique aqui para ler ou imprimir o texto

A representação de objetos bidimensionais e tridimensionais está relacionada com a localização espacial, leitura de mapas, construção de sólidos e formas geométricas. É possível desenvolver muitas atividades relacionando esses conteúdos. Propor aos alunos que façam um mapa da escola é uma maneira muito interessante de avaliar o nível de representação de cada um.